1º lugar
[101036] Efetivar a participação dos gestores e da sociedade civil organizada dentro da pauta será o desafio maior ! A existência das conexões que promovem a sustentabilidade é a melhor forma de capitar gestores e formadores de opinião dando à eles responsabilidade e responsabilização!
44

2º lugar
[101040] EA é processo de ação crítica e participação coletiva para construir sociedades sustentáveis dentro dos pilares social, econômico e ambiental.. É a agente das relações que permeiam os grupos sociais e seus diferentes interesses de uso e gestão dos bens ambientais (bens comuns)
42

3º lugar
[101038] Opção de ação integradora consolidada, contínua e sensibilizadora. A carência atual de entendimento e utilização da EA como agente da mobilização está diretamente relacionado com a PNEA que definiu EA como conteúdo transversal,em tempos de crise climática isso é não efetivo
39

4º lugar
[101037] São muitos os desafios para a Educação Ambiental no Vale do Paraíba: Falta de recursos para projetos em EA, falta de conhecimento da sociedade e dos especialistas da importância da EA para o futuro da região, diversidade cultural do Vale, diferentes interesses das cidades do Vale
37

5º lugar
[101045] O tamanho e a diversidade do território é um grande desafio. Apesar do Rio Paraíba ser forte elo agregador físico e cultural, há o desafio de um olhar integrador de ações, com a somatória dos esforços dos diversos agentes para o alcance de objetivos comuns e prioritários.
36

6º lugar
[101025] A educação ambiental é uma ferramenta para a gestão integrada, desde que seja prática, vivenciada, sistêmica, promovendo mudanças de hábito e atitude, permitindo o entendimento do processo, levando ao pertencimento e empoderando os atores. Resumo mesa 04.03
31

7º lugar
[101026] A EA deve ser a principal ferramenta para sensibilizar, conscientizar e mobilizar as pessoas sobre a problemática ambiental. Por meio da EA, reflexões e atitudes devem ser estimuladas para uma mudança de comportamento e convivência mais harmônica entre os seres na Terra.
26

8º lugar
[101061] O desafio que se coloca é de formular uma educação ambiental crítica , que envolva a mobilização e participação de todos no âmbito local. Demanda, também, aumentar as iniciativas baseadas na premissa de sensibilizar as pessoas para transforma, para ter a vontade de mudar!
25

9º lugar
[101028] Educação Ambiental é uma ferramenta de ensino e aprendizagem, que deve ser utilizada para sensibilizar, conscientizar e provocar mudanças de comportamento individual e coletivo, em favor do restabelecimento do equilíbrio entre a vida humana e as demais formas de vida planetária.
22

10º lugar
[101030] Acredito que a mobilização é um dos maiores desafios da EA. É uma construção lenta, por isso a necessidade de trabalhos contínuos e longos, para conseguir mobilizar as comunidades aos poucos.
20

11º lugar
[101046] Educação Ambiental é sensibilizar para que o comportamento humano perceba e respeite sua integração com o todo, em uma transição para sociedades sustentáveis, criando responsabilidades para a manutenção da vida das atuais e futuras gerações e de todos os ecossistemas terrestres.
16

12º lugar
[101027] A EA deve tocar nas problemáticas que interferem na realidade percebida pelas pessoas. De modo criativo e aprofundado, deve propor reflexões sobre o hoje, abordar causas e consequências das ações humanas, propor ações e projetos práticos e de modo interdisciplinar.
15

13º lugar
[101056] Um dos principais desafios no Vale do Paraíba do Sul...
15

14º lugar
[101058] A Educação Ambiental é...
14

15º lugar
[101057] Como a educação ambiental pode mobilizar as pessoas...
13

16º lugar
[101029] A Educação Ambiental pode auxiliar na gestão dos recursos hídricos, desde que seja prática e aplicada às populações em geral. O que tenho observado é muita teoria sem a prática e muitas vezes limitada ao público escolar, o que torna os projetos limitados e pouco eficientes.
7

17º lugar
[101035] Além dos aspectos legais, a educação ambiental tem como desafio conscientizar sobre o uso racional da água, através de planejamento conjunto entre os setores envolvidos no Comitê de Bacias e identificação de ações prioritárais.
6

18º lugar
[101033] Acredito que um dos grandes desafios da Educação Ambiental seja atingir efetivamente o público alvo, seja com relação à forma de se chegar até esse público (abordagem), seja com relação à capacidade de alterar a forma de pensar dessas pessoas, levando-as à mudança de atitude.
6

19º lugar
[101044] A educação ambiental é um processo de reconhecimento de valores e clarificações de conceitos, objetivando o desenvolvimento das habilidades e modificando as atitudes em relação ao meio, para entender e apreciar as inter-relações entre os seres humanos, suas culturas e seus meios
6

20º lugar
[101047] É necessário que a Educação Ambiental atue de forma contínua por meio da campanhas permanentes e por diversas estratégias. É preciso que a EA se aproxime cada vez mais da realidade da população, para que esta perceba que o cuidado com meio em que vive é fundamental.
5

21º lugar
[101019] Como os desafios da educação ambiental podem ser enfrentadas no território? Deixe sua contribuição!
5

22º lugar
[101032] A educação ambiental engloba todas as práticas para desenvolver ou capacitar cidadãos sobre os problemas ambientais, bem como suas relações com diferentes áreas, com enfoque conservacionista.
4

23º lugar
[101034] Através da participação de todos os atores envolvidos na conservação dos recursos naturais, promovendo um amplo debate sobre os problemas que mais afetam a comunidade e as propostas para ação.
4

24º lugar
[101055] Na live sobre Educação Ambiental, após ser questionado, o Prof. Sorrentino falou que uma das possibilidades de tornar a educação ambiental mais eficaz seria a elaboração de Projetos Políticos Pedagógicos Territoriais com processos educadores que percolem toda a sociedade.
4

25º lugar
[101052] A Educação ambiental é um importante instrumento de gestão de recursos hídricos, se aplicada de forma genuína, privilegiando a participação efetiva da população. Este instrumento pode ser decisivo nas questões de conflitos pelo uso da água qualitativamente e quantitativamente.
3